Tortuga® com arroba

Nova modalidade de pagamento foi desenvolvida pela DSM para ajudar o pecuarista a visualizar seus custos com a suplementação do rebanho, facilitando a gestão do negócio e a melhor rentabilidade

Mylene Abud

Para os pecuaristas, a arroba do boi gordo é como se fosse a moeda corrente, que serve de base para todas as transações e, também, para o planejamento estratégico da sua atividade. “Se um produtor precisa comprar um veículo para a sua propriedade, como ele calcula o seu valor? Ele vai querer saber quanto aquele produto custa em arrobas”, explica o diretor de Marketing Ruminantes da DSM, Juliano Sabella, que, com essa informação em mente, teve a ideia de oferecer aos produtores uma opção pioneira no mercado de pecuária de corte: a venda de produtos de nutrição animal indexada em arrobas.

Assim surgiu o P@go – Tortuga com arroba, nova modalidade de pagamento da DSM para as compras a prazo, lançado no mês de julho. “O projeto surgiu com o objetivo de ajudarmos o pecuarista a ter mais controle sobre os seus custos de produção. O produtor fica à deriva das flutuações de preço da matéria-prima e do boi no mercado, e não consegue ter uma previsibilidade da sua margem, de quanto vai gastar, de como será o retorno da sua atividade. Então, criamos essa alternativa para que ele possa visualizar os custos em uma parte essencial, que é a nutrição, transformando nosso produto na moeda que ele tem, a arroba”, conta Juliano Sabella, idealizador do projeto e responsável, ao lado de Igor Rocha Ribeiro de Souza, controller do Negócio Ruminantes Brasil, e Rodrigo Narduche, gerente de Tesouraria, por liderar a equipe multidisciplinar do programa, formada por 20 pessoas do Brasil e do exterior.

A ideia surgiu algum tempo atrás e foram necessários cerca de dois anos para a sua operacionalização. “Em 2020, retomamos o tema e percebemos que era o momento certo, que havia oportunidade de mercado e que a nossa unidade de negócio já estava preparada para lançar uma ferramenta desse tipo. Também contou como ponto positivo para esta aprovação o fato de o negócio da empresa como um todo estar performando bem, mesmo em uma época de pandemia. E quando você entrega resultados, tem mais credibilidade para apresentar novos projetos”, destaca Igor Rocha Ribeiro de Souza, controller do Negócio Ruminantes Brasil da DSM.

“O diferencial desse projeto é que a DSM está entregando para o nosso cliente algo inovador, porque ninguém tem esse modelo no mercado. Esse é o grande diferencial, porque o pecuarista trava o preço dele, o custo de produção do confinamento, e tem a garantia da estabilidade ao comprar indexado à arroba do boi”, complementa Rodrigo Narduche, gerente de Tesouraria da empresa.

Para modelar a nova ferramenta, a equipe responsável pelo P@go fez pesquisas e ouviu a opinião de cerca de 100 clientes, além de sua equipe de vendas. “Quando entrevistados, a maioria dos pecuaristas perguntou se iria pagar mais caro quando a arroba subisse. E quando respondíamos que não, que o preço seria atrelado à arroba do dia da compra, os produtores ficaram muito entusiasmados”, revela Juliano Sabella.

P@go – Tortuga com arroba

A nova modalidade da DSM para a compra dos seus produtos com arroba dá ao pecuarista muito mais do que uma alternativa de pagamento a prazo. Entram nesta conta a previsibilidade do custo, a melhor gestão financeira da fazenda e a proteção do investimento.

“Na hora da compra, o cliente escolhe se quer pagar em dinheiro ou em arroba. Se optar pela segunda modalidade, utiliza-se uma tabela com o valor convertido em arrobas na data da compra e, no vencimento da fatura, ele pagará o preço equivalente em arrobas. Na data do pagamento, ele sempre pagará o valor acordado. Se a arroba cair, a diferença da arroba que ele acordou com a gente frente à arroba do dia será disponibilizada em forma de crédito para utilização na próxima compra. Já se a arroba subir no dia do vencimento, ele pagará só o valor que havia sido combinado. Ou seja, se o boi gordo cair, ele terá o benefício; e se subir, ele não paga mais nada”, sintetiza Juliano Sabella (veja simulação no box – colocar aqui o fluxograma).

Mais do que uma opção de pagamento, o P@go é um fundo de investimento, com atualização diária do valor da arroba com base no índice ESALQ/B3, no qual a DSM subsidia parte do valor das operações financeiras. Assim, a empresa garante o capital investido pelo produtor na compra e, ao mesmo tempo, lastreia a operação, cobrindo um possível “prejuízo” assumido pela companhia.

“Com o P@go, o pecuarista nunca terá prejuízo nos custos em nutrição em razão do preço futuro da arroba. É a DSM que vai fazer a operação na Bolsa, e não o produtor. A cada venda indexada à arroba, a DSM compra uma opção de venda ou put na Bolsa, constituindo um fundo de investimento do qual a empresa é a única cotista. É como se fosse um seguro. Dessa forma, o investimento da empresa também fica protegido. “Se a arroba estiver a R$ 300 na data da venda do produto e, na hora do pagamento, subir para R$ 310, essa diferença negativa para a DSM é abatida, pois a companhia exercerá o direito da opção de venda. Já se cair o preço da arroba, a DSM não exercerá a put e o pecuarista será bonificado em compras futuras em produtos de nutrição animal. Ou seja, a opção é sempre boa para os dois lados”, resume Rodrigo Narduche.

“Com o P@go, o cliente nunca perde. Ou seja, o ganho em caso de alta do boi será sempre do pecuarista”, ressalta Juliano Sabella, acrescentando que a modalidade será útil principalmente para o confinador. “Isso porque ele fecha os animais agora e não sabe quanto vai custar o milho daqui a um mês, qual será o preço do boi. Então, esta é uma maneira para ele garantir o valor fixo pelo menos na parte de nutrição. Se a moeda dele cair daqui a 90 dias, quando ele for abater os animais, não tem problema porque a gente vai absorver essa diferença para ele. E aí ele estará garantido dentro do seu ciclo, sem surpresas.”

Este é mais um serviço oferecido pela DSM, que se junta à assistência técnica a campo e ao portfólio de produtos em nutrição de precisão”, destaca Juliano Sabella, diretor de Marketing, informando, ainda, que a nova modalidade envolve todo o portfólio da DSM e mantém o mesmo valor de arroba para todas as regiões do País.

Fale conosco:

0800 110 6262

Sigam nossas redes socias:

Quer receber nossas novidades em primeira mão? Cadastre-se!